Página Inicial


 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
FILMES
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
NUMEROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

O seu cachorro tem caspa?

   
    
Da mesma forma como os humanos os cães podem ter caspa e as causas são muito variadas. Também chamada de seborréia, é uma doença de pele que ataca os cães e deixa um aspecto de flocos de neve no corpo do bicho.
    É possível detectar a seborréia primária e secundária com diferentes causas. A seborréia primária pode ter fundo medicamentoso, endócrino, problemas com a alimentação como a falta ou excesso de gordura, proteína, vitamina A, zinco, além da má absorção e problemas no metabolismo.
    Já a seborréia secundária pode ter como causa as pulgas e carrapatos, dermatites, sensibilidade a produtos que são passados no animal como o xampu e o tempo muito seco. As características da seborréia primária são tipicamente a oleosidade e a descamação. A seborréia secundária também apresenta descamação, porém é mais seca.
    Além disso, existem algumas raças que tem maior predisposição a desenvolver esse tipo de problema por questões genéticas, como é o caso da seborréia dos spaniels.
    As formas de tratamento estão ligadas a causa do problema. Entretanto, normalmente, são usados xampus, pomadas e medicamentos de uso interno que pode ser por via oral ou injetável, se o caso um pouco mais grave.
    Para o diagnóstico e indicação do tratamento, o ideal é consultar um veterinário.

 

Saiba como é produzida a luz do vaga-lume


    Apesar de parecer estranho um animal que emite luz, o vaga-lume, ou também conhecido como pirilampo, produz luminosidade que pode ser vista a grande distância. Os vaga-lumes são besouros de um tipo especial, pois tem a capacidade de emitir luz.
    Existem três tipos diferentes de vaga-lumes, que são os elaterídeos, os fengodídeos e os lampirídeos, que se distinguem pelo local onde ficam seus órgãos luminescentes e pela cor e freqüência da luz.
    Esses bichos fazem a luz através da oxidação de uma substância produzida pelo próprio corpo, a luciferina. Os pirilampos machos adultos usam essa luminosidade para atrair a fêmea, além de afastar outros insetos. Já algumas fêmeas também conseguem emitir esses sinais luminosos, só que usam para aproximar suas presas.
    Esse processo de produzir luz é conhecido como bioluminescência. Os vaga-lumes conseguem controlar a intensidade e o tempo da luz.

O seu bichinho está com gripe?


    O seu cãozinho está com o nariz escorrendo e espirrando com freqüência? Parece que o seu gatinho está tossindo? Esses podem ser sinais de doenças respiratórias que são comuns na época de inverno. Como acontece com os humanos, o clima frio e seco, além das mudanças bruscas na temperatura, ajudam no aparecimento dessas doenças.
    A traqueobronquite infecciosa canina, também conhecida como tosse dos cães ou gripe canina, pode afetar diretamente os cães de todas as raças e acaba resultando na inflamação do sistema respiratório.
    Para evitar esse problema, o ideal é não tosar os bichinhos durante esse período. Já para os animais que têm pelo curto, é indicado o uso de roupas. Além disso, é necessário reduzir a freqüência de banhos e usar água morna. Quando o animal sair do banho, é melhor evitar que ele pegue friagem. A transmissão também se torna mais freqüente em locais com grande concentração de animais como hotéis, lojas de animais, praças e canis.
    O sintoma mais freqüente é a tosse seca que acaba piorando com exercícios físicos. Além disso, também podem aparecer febre, falta de apetite e secreção nasal.

 

Conheça a maior ave do mundo

    
    Essa é a maior ave que existe, porém ela não voa. Muitos acreditam  que ela é tímida,
pois vive colocando a cabeça dentro da terra, mas em  alguns casos, ela faz isso para procurar comida. Seu ovo é o maior que  existe e pesa mais de um quilo e o tamanho corresponde a  aproximadamente 25 ovos de galinha. Essa ave é o avestruz que é  originário da África do Sul e, que com o passar dos anos e com a  evolução, perdeu a capacidade de voar.
    Geralmente esse bicho come sementes, insetos, pequenos animais,  frutas e raízes, mas ele gosta mesmo é de um besouro com cor de  metal. Uma das curiosidades é que o avestruz é capaz de ficar oito  dias  sem beber água.
    Suas asas servem de proteção e ajudam o bicho a se equilibrar  quando corre. Ele é capaz de correr a uma velocidade de 65 KM e  consegue viver cerca 70 anos. Seu peso pode chegar até a 200 quilos.  Geralmente a plumagem dos machos é escura e das fêmeas têm cor  parda. No Brasil, as plumas são muito usadas nas roupas e fantasias do carnaval.
    Com relação aos ovos, depois do acasalamento as fêmeas costumam colocar os ovos em dias alternados. Após uma pausa de cerca de uma semana, o ciclo recomeça. Existem animais que colocam até 120 ovos em uma mesma estação. No período da manhã, as fêmeas ficam chocando e durante a noite é a vez dos machos. O avestruz nasce depois de 40 a 45 dias.
    A fama que esse animal tem não é a toa. Aquele ditado que diz "estômago de avestruz" existe pois essa ave é capaz de engolir desde pequenas pedras até areia e ele possui dois estômagos. Mas dependendo do que for engolido, pode causar problemas no aparelho digestivo e o animal pode até morrer.

Veja matérias anteriores

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2003 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved